quarta-feira, 27 de julho de 2011

O Cientista Maluco e a Aranha Amestrada

Esta é a história de um cientista maluca que tinha uma aranha amestrada



Era uma vez, num lugar muito longe daqui havia um cientista maluco que tinha uma aranha amestrada.

Ele a ensinou a aranha a se movimentar dentro da casa, a ir ao quintal e a se esconder quando vinha alguém visitá-lo.

A aranha passa a partir de então a dividir o ambiente em que vivem, de maneira a não o incomodar nunca mais.

Porém, um dia, na tentativa de descobrir a lealdade da aranha, caso lhe faltasse uma perna, tira perna da coitada da aranha e lhe diz:

- Aranha, anda.

A aranha andou.

No outro dia, tira a segunda perna e diz a mesma coisa:

- Aranha, anda.

A aranha andou normalmente.

Fez assim até retirar a sétima perna, sem se importar com a dor por qual a aranha passava.

Com apenas uma perna, a aranha se esforçou e chegou até ele.

Retirou por fim a oitava perna da pobre aranha. Ela não saiu do lugar.

Sabe qual foi a conclusão do cientista?

Que quando se retira as oito pernas da aranha ela fica surda. Por isso não ouviu seu comando.


Puxa vida! Que história mais doida, não é?

nrelate

Recomende no Google+